Ainda sobre o surfista amador

Ainda sobre o surfista amador

“Sim, sei bem
Que nunca serei alguém.
Sei de sobra
Que nunca terei uma obra.
Sei, enfim,
Que nunca saberei de mim.
Sim, mas agora,
Enquanto dura esta hora,
Este luar, estes ramos,
Esta paz em que estamos,
Deixem-me crer
O que nunca poderei ser.”

Fernando Pessoa

Screen Shot 2016-03-29 at 4.14.37 PM
Fernando Pessoa não me perdoa / nem quando venho na boa

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: